domingo, 20 de fevereiro de 2011

Resumo do pensamento de Augusto Comte



Auguste Comte
e o positivismo sociológico 
Animado desde a juventude com propósitos de “regeneração universal", sucessivamente pai oficial da sociologia, Auguste Comte (1798-1857) é o autor do Curso de filosofia positiva (1830-1842, em seis volumes). E é aqui que ele formula sua famosa lei dos três estágios, segundo a qual a humanidade, assim como a psique dos indivíduos particulares, passa por três estágios:
  1. estágio teológico;
  2. estágio metafísico;
  3. estágio positivo.
No estágio teológico os fenómenos são interpretados como “produtos da ação direta e contínua de agentes sobrenaturais, mais ou menos numerosos"; no estágio metafísico são explicados com referência a essências, ideias, forças abstratas como a "simpatia", a “alma vegetativa" etc.; no estágio positivo o homem procura descobrir, "com o uso bem combinado do raciocínio e da observação", as leis efetivas “de sucessão e de semelhança" que presidem ao acontecimento dos fenômenos.
O objetivo da ciência - escreve Comte - é a pesquisa das leis, e isso por causa do fato de que “apenas o conhecimento das leis dos fenômenos [ ... ] pode evidentemente levar-nos na vida ativa a modificá-los para nossa vantagem". Ciência, de onde previsão; previsão, de onde acão. Na esteira de Bacon e de Descartes, Comte afirma que será a ciência que fornecera ao homem o domínio sobre a natureza. Por conseguinte, é indispensável conhecer sociedades. Eis, então, que Comte propõe a ciência da sociedade, a sociologia, como física social, que tem como tarefa a descoberta das leis que guiam os fenômenos sociais, assim como a física estabelece as leis dos fenômenos físicos; e faz isso por meio de observações e comparações. A física social ou sociologia divide-se em estática social e dinâmica social.
 A estática social estuda as condições comuns que permitem a existência das diversas sociedades no tempo: a sociabilidade fundamental do homem, a família, a divisão do trabalho e a cooperação nos esforços etc. A lei fundamental da estática social e a da ligação entre os diversos aspectos da vida social (político, econômico, cultural etc.). A dinâmica social compreende o estudo das leis de desenvolvimento da sociedade. A lei fundamental da dinâmica social e dos três estágios. E eis um exemplo de aplicação desta lei: o feudalismo  estágio teológico; a revolução (que começa com a reforma protestante e termina com a revolução francesa) e estágio metafísico; a sociedade industrial e estágio positivo.
 Entre as ciências, a sociologia é a mais complexa, uma vez que - na hierarquia estabelecida por Comte e que quer ser uma ordem lógica, histórica e pedagógica - pressupõe a biologia, a qual pressupõe a química, que, por sua vez, pressupõe a física. Nesta perspectiva, a filosofia deve "determinar exatamente o espírito de cada ciência, descobrir suas relações, reassumir, se possível, todos os seus princípios próprios em número mínimo de princípios comuns, conforme o método positivo".
 A regeneração da sociedade - que, sobre a base do conhecimento das leis sociais, Comte propõe no Sistema de política positiva (1851-1854) - assume as formas de uma religião, onde a Deus se substitui a humanidade, ao amor de Deus o da humanidade. Humanidade que é conjunto de todos os homens vivos, dos mortos e dos que devem ainda nascer. Os indivíduos se regeneram, dentro da humanidade, como as células de um organismo. Os indivíduos são o produto da humanidade: esta deve ser venerada como outrora o eram os deuses pagãos. E, fascinado pelo universalismo do catolicismo, Comte propõe sua religião da humanidade como copia da ordem da Igreja católica: com dogmas (filosofia positiva, leis científicas), batismo secular, crisma secular etc.; com templos leigos (institutos científicos) e um papa positivo que vigiará o desenvolvimento da industria e a utilização prática das descobertas. Haverá nomes novos para os meses e para os dias. A mulher é considerada o anjo da guarda positivo.

6 comentários:

Anônimo disse...

este pequeno resumo de Comte esta excelente, vc esta de parabens.

fábio disse...

hum muito bom esse resumo
conte um dos mais grandes filosofos e realmente interesante

Anônimo disse...

Me ajudou muito esse resumo cara ! Valeu mesmo !

Anônimo disse...

muito bom esse resumo...

Anônimo disse...

Achei seu resumo bem enxuto, o que para um resumo é bom. Facilita bastante. Só vou lhe recomendar que, nas próximas postagens desse tipo, faça referência às fontes consultadas, o que dá o devido crédito à estas e também ao seu trabalho. Ok?

Anônimo disse...

Gostei, pra mim, serviu muito!

Postar um comentário

Café Filosófico

Loading...
 

Filosofia Design by Insight © 2009